Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sal da história

Crónicas da história. Aventuras, curiosidades, insólitos, ligações improváveis... Heróis, vilões, vítimas e cidadãos comuns, aqui transformados em protagonistas de outros tempos.

O sal da história

Crónicas da história. Aventuras, curiosidades, insólitos, ligações improváveis... Heróis, vilões, vítimas e cidadãos comuns, aqui transformados em protagonistas de outros tempos.

Na imprensa (18): pílulas de b(r)uxo

illustracao 5 jan 1920 purgante ideal.JPG

 


Ideais, purificadoras do sangue, refrigerantes e não irritativas. Podem umas simples pilulas reunir tantas qualidades? Podem, sim! As enigmáticas pílulas laxativas Boissy eram tudo isto e muito mais...eram também anti-biliosas, o que quer dizer que ajudavam a evacuar a bílis e a controlar as infeções do fígado e da vesicula biliar.
Este purgante ideal estava muito em voga nas primeiras décadas do século XX, tal a profusão de anúncios em que se apregoavam os seus atributos quase milagrosos, mas não encontramos qualquer referência atual à sua existência.
Quanto à designação – afrancesada, como era expectável na época para valorizar o produto - foi buscar inspiração à palavra boissy, que dá nome a várias cidades francesas e que, por sua vez, quer dizer buxo.
Ora, buxo é uma planta à qual são atribuídas propriedades medicinais pelo menos desde o século XII. Chegou a ser apontada como cura para a calvície, mas também é mencionada como depurativa, para além de colerética (estimula secreção da bílis), febrífuga (combate a febre) e sudorífica (provoca a transpiração). Portanto, tudo leva a crer que a origem do “batismo” destas extraordinárias pilulas seja este.
No entanto, o anúncio refere o uso de saponáceas, que em português de hoje, mas não menos difícil de decifrar, alude à família de plantas dicotiledóneas, lenhosas, que inclui árvores, arbustos e lianas da flora tropical.
Como a imagem que acompanha a descrição do produto parece ser um alquimista, um mago ou um bruxo de volta de um insondável caldeirão, só podemos mesmo especular.
Os fabricantes deste medicamento, no entanto, não podiam ser mais sérios.
De facto, as pílulas laxativas Boissy eram comercializadas no nº 237 da rua da Prata, em Lisboa, “casa” do laboratório Vicente Ribeiro & Carvalho da Fonseca, que terá iniciado a sua atividade na década de 20 do século XX. Coube-lhes o pioneirismo em Portugal da introdução da opoterapia, a terapêutica farmacológica baseada em drogas de origem animal. Nos anos 40 estavam entre os laboratórios nacionais produtores de medicamentos com penicilina e, na década seguinte, foram responsáveis pela edição das Farmacopeias Portuguesas, para o 2º Congresso Luso-Espanhol de Farmácia, realizado no Porto, de 11 a 17 de maio de 1952
Naquele mesmo espaço abriu, em novembro de 2018, a loja O´live, dedicada aos azeites Oliveira da Serra.
……………………
Fontes
Hemeroteca Digital de Lisboa
http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/
Illustração Portugueza
Nº 724 - 5 jan 1920

http://www.cdf.pt/archeevo/details?id=1002484&ht=farm%c3%a1cia

https://pt.wikipedia.org/w/index.php?search=boissy&title=Especial:Pesquisar&go=Ir&ns0=1

https://pt.wikipedia.org/wiki/Buxo

https://www.apifarma.pt/salaimprensa/Documents/Livro%2075%20anos.pdf
https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/Saponáceas

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.